sábado, 2 de março de 2024

Sequelas
Solange Almeida revela dependência do cigarro eletrônico e consequências para sua saúde

Solange Almeida, ao consumir cigarros eletrônicos frequentemente, deparou-se com consequências graves para sua saúde.

Em entrevista ao “Domingo Espetacular” de ontem (15/10), a cantora revelou ter encontrado sequelas tanto em suas cordas vocais quanto em seus pulmões, resultado direto da ação da nicotina no corpo. Agora, ela precisa de fonoterapia antes de suas apresentações para garantir a potência de sua voz durante os shows.

Continua depois da publicidade

Relato pessoal da artista sobre o uso do vaper

Em sua participação no programa dominical da Record TV, Solange, de 49 anos, compartilhou que foi introduzida ao cigarro eletrônico por amigos, acreditando inicialmente que o dispositivo era inofensivo.

“Fiz uso durante oito e nove meses. Era aquela coisa de ver o amigo usando, porque eu nunca tinha usado. Me diziam que era à base de água, que não tinha nicotina”, explicou ela.

Continua depois da publicidade

Em pouco tempo de consumo, Solange enfrentou desafios ao cantar e até mesmo ao respirar. Foi em busca de respostas médicas que recebeu a notícia dos danos. “Comecei a sentir dificuldade para respirar, minha voz já não saía direito, não era mais a mesma. Até que eu fiz um exame aprofundado e descobri que estava com uma lesão nas cordas vocais e no pulmão”, descreveu a cantora.

Pausa na carreira e luta contra o vício

A artista, que já comandou a banda Aviões do Forró, decidiu fazer uma pausa na sua carreira musical no último ano para focar na superação do vício. Solange confessou ter sentido vergonha ao abordar o tema, mas ao tornar o problema público, conseguiu abandonar o cigarro eletrônico.

Continua depois da publicidade

“Eu perdi toda a vontade do mundo de cantar. Comecei a ficar com a mucosa ressecada, dificuldade para cantar e para respirar”, relata. E completa: “Eu esperava meu marido dormir para fazer uso do cigarro. Acordava cedo e ia para padaria, já tinha um cigarro no meu carro. A coisa estava fugindo completamente do meu controle”.

Os desafios não pararam por aí. Solange expressou sua aflição ao detalhar os problemas que enfrentou devido ao uso contínuo do cigarro eletrônico. “Esse uso indevido do cigarro eletrônico quase culminou na perda total da minha voz e do meu emocional por inteiro. Me tirou do chão, de verdade. Eu não conseguia atingir os tons na mesma facilidade que eu tinha antes. Me vi no olho de um furacão, sem conseguir dormir por causa do uso e, depois, em decorrência da abstinência do cigarro”, desabafou.

Continua depois da publicidade
Tudo sobre:

últimas notícias

Notícias da TV, dos Famosos, Celebridades, Streaming, Cinema e mais

mais lidas

O “Fofoque Aqui” utiliza cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua navegação no site, além de recomendar conteúdo e publicidade de seu interesse. Ao continuar navegando em nossas páginas, você declara ciência e concordância com a nossa política de privacidade.

redes sociais

© 2024 Fofoque Aqui

O "Fofoque Aqui" utiliza cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua navegação no site, além de recomendar conteúdo e publicidade de seu interesse. Ao continuar navegando em nossas páginas, você declara ciência e concordância com a nossa política de privacidade. Aceitar

Adblock Detectado

O "Fofoque Aqui" é gratuito, mas depende da publicidade divulgada em nossas páginas para continuar online. Por favor, ajude-nos desativando a extensão AdBlocker de seu navegador.